2 de outubro de 2022

Quando começou a escrever A jogada do século (Best Business), Michael Lewis não imaginava que, um dia, seu livro pudesse ser transformado em filme. Lançada em 2010 nos EUA e em 2011 no Brasil, a obra de Lewis, que logo entrou para a lista de best-sellers do New York Times, revela ao leitor comum os bastidores da crise financeira de 2008. Nela, para além de realizar uma crônica bem articulada sobre o funcionamento de Wall Street e seus personagens, o autor desvenda termos complexos das finanças modernas, como swaps de crédito, dívidas colateralizadas e títulos hipotecários subprime, entre muitos outros.
 A jogada do século (The big short) –  De Michael Lewis – Tradução: Adriana Ceschin Rieche – 322 páginas –  R$ 45,00
Ed. Best Business (Grupo Editorial Record)

Na próxima quinta-feira, 14 de janeiro, A grande aposta, versão cinematográfica de A jogada do século, estreia nas salas de todo o Brasil. Dirigido por Adam McKay, o filme, que foi indicado ao Globo de Ouro, conta com um elenco estrelado, que inclui Brad Pitt, Christian Bale, Ryan Gosling e Steve Carell. Para comemorar esse lançamento, uma nova edição da obra de Lewis chegará às livrarias no fim do mês. Além de capa especial, a obra ganhou um posfácio no qual o escritor revela suas impressões sobre o filme.

Redes Socias

Deixe um comentário