29 de setembro de 2022

O título pode levar você a pensar: ela está apaixonada. Na verdade, eu sempre estive, porque apesar de não ser aquela romântica inveterada, sempre fui pró-amor! Sempre admirei casais pelas ruas, nos filmes, nas novelas, nos livros…. Acho lindas as cerimônias de casamentos, valorizo as declarações e os gestos de amor, independentemente da idade. Eles são necessários para manter a chama do amor acesa.

Tão lindo ver um casal de idosos que, mesmo depois de tantos anos juntos, ainda têm aquele zelo um pelo outro. Tão emocionante ver o cavalheirismo para com uma mulher. Tão gostoso observar os olhares apaixonados. Parece que não há mundo ao redor e que só existem dois. E esses dois se bastam e se alimentam de tudo que há de bom na vida.

Ah, os casais apaixonados… Ah, o amor! Ah, a vida bem vivida! Mil vezes ah, de suspiros, de falta de ar, por um bom motivo. Milhões de vezes, ah, por carinho, atenção e dedicação. Não é piegas. É nobre e digno de exaltação. Se está meio démodé, a culpa é nossa que nos endurecemos e paramos para aceitar que o sentimento mudou. Mas é sempre tempo de resgatá-lo e tudo que nos permite.
Começar a semana escrevendo sobre o amor e os apaixonados é, no mínimo inspirador. Por que não? Inspire-se nas lindas histórias de amor. De ontem, de hoje e da que possa vir a ser. Você vai sorrir mais, vai oxigenar melhor o cérebro, vai sentir mais seu corpo e sua respiração. Ame e se deixe amar. Que uma onda de amor invada o seu âmago porque não há razão de existir se não for para amar e ser amado. Observação: por enquanto ainda estou procurando meu amor! Com todos os meus sentidos em atenção. Viva a oportunidade de amar. Dedico esse artigo aos meus amigos enamorados ou em processo de encantamento. Permitam-se!
Redes Socias

Deixe um comentário

Related News