29 de setembro de 2022

Doutora em Odontologia pela UFRJ e Mestre em Endodontia (também pela UFRJ), Teresa Chacur de Miranda vai lançar na próxima sexta (26), pelo Instagram @drateresachacurdemiranda, dados que revelam o aumento do bruxismo (ranger de dentes) na população brasileira, desde o início da pandemia do Covid-19, em março de 2020.

” Metade da população teve alterações de sono, 80% apresentaram estresse , ansiedade, depressão, de acordo com pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Sul . Existe um consenso entre os dentistas do mundo inteiro de que a pandemia do coronavírus trouxe aos nossos consultórios um número absurdamente grande de pacientes com dentes quebrados. Esse fato ultrapassou todos os números. Os percentuais jamais foram vistos antes pelos odontólogos, mesmos os mais antigos na profissão” . Estima-se que 50% dos pacientes sabem que rangem e os outros 50% não sabem. Os dentes só devem se tocar quando mastigamos, falamos ou engolimos. Se cerramos os dentes durante o dia ( bruxismo em vigília ) e, se tivermos essa consciência, iremos mudar esse mau hábito”- concluiu Teresa. O bruxismo acontece, principalmente, quando as pessoas estão estressadas, nervosas ou ansiosas. 

Redes Socias

Deixe um comentário

Related News