28 de novembro de 2022

Nem o frio e a chuva  do último sábado  afastaram os visitantes, que lotaram os três pavimentos onde acontece a mostra “Vagalumes 21”, no Museu Histórico da Cidade.  O conjunto de obras em exposição causou forte impacto no público. O terceiro pavimento do MHC foi transformado em uma galeria de arte e reuniu pela primeira vez no Museu Histórico do Rio de Janeiro as obras dos artistas Antônio Bokel, Bruno Vilela, Daniele Carcav, Ilan Kelson, Marcos Correa, Marcos Prado, Pedro Varela, Rodolpho Parigi, Rogério Reis (foto), Sergio Mauricio Manon, Smael Vagner e Talita Hoffmann. Com produção do músico Pedro Borges e curadoria do artista Sergio Mauricio Manon e da antropóloga Ana Amado, a mostra “Vagalumes 21” teve seu ponto alto quando todos os visitantes meditaram em conjunto, sob efeito das frequências sonoras de cura do sound healing de Mario Moura, enquanto Nanda Jank e Pedro Borges guiaram a meditação. Para quem perdeu, todos os sábados haverá sound healing e meditação guiada.

Ana Amado, Pedro Borges, Marcos Correa e Sergio Mauricio Manon

Redes Socias

Deixe um comentário