3 de outubro de 2022

O ano de 2022 marca o centenário de nascimento de Leonel de Moura Brizola, conhecido até hoje como O Velho Caudilho. Para celebrar a data,  o mestre em História Guilherme Galvão Lopes,  lança nesta quinta-feira, 4, na sede do Partido Democrata Trabalhista,  o livro “Brizola 62: Da Guanabara para o Brasil”. A obra  conta como o Rio de Janeiro foi fundamental para a consolidação da imagem de Brizola no país.  Com o prefácio assinado pelo presidente da legenda, Carlos Lupi, o livro analisa o processo eleitoral do estado da Guanabara em 1962, no qual Brizola foi eleito, pelo PTB, o deputado federal mais votado do Brasil. Além disso,  discute o contexto político da época em nível nacional e local, e aborda um tema até hoje pouco falado: as pretensões dele para a corrida presidencial de 1965, onde ele seria apontado como o substituto ideal do então presidente da República João Goulart, o Jango, cunhado de Leonel.  Além do lançamento, haverá uma discussão sobre o livro com as presenças do próprio autor Guilherme Galvão Lopes, do cientista político Everton Gomes e de Brizola Neto.  A entrada é franca.

Redes Socias

Deixe um comentário