30 de setembro de 2022
Presidido por Carlos Lupi, o PDT acionou o TSE contra Jair Bolsonaro por desvio de finalidade do 7 de setembro. Na ação, o partido pede a impugnação da candidatura de Jair Bolsonaro por abuso de poder político e econômico, nas comemorações do bicentenário da Independência do Brasil.
O documento diz que o atual presidente da República desviou a finalidade do evento para fazer campanha eleitoral indevida.  E que usou o erário e a máquina pública.
Ao TSE, o PDT pede, ainda, que Bolsonaro e seu vice, Braga Netto, fiquem inelegíveis em outubro de 2022 e durante 8 anos.
Redes Socias

Deixe um comentário