28 de novembro de 2022

Fernando Ticoulat, Marina Dias Teixeira, João Paulo Siqueira Lopes , Mariano Mayer, Inés Katzenstein e Alec Oxenford

O público carioca tem a oportunidade inédita de conhecer um recorte da Colección Oxenford na exposição “Un lento venir viniendo – Capítulo I”, no Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC Niterói). A coleção é fruto de uma paixão do empresário e colecionador argentino Alec Oxenford pela arte contemporânea argentina, e de sua convicção na necessidade de apoio à cena local. “Comecei minha coleção em 2008 decidindo incorporar, em sua maior parte, obras de artistas vivos e adquiridas exclusivamente através de galerias de arte. Eu gosto de viver minha época através da arte. O que mais me interessa é que a arte gera uma série de perguntas para as quais eu não tenho respostas”, conta o colecionador.

Os dez primeiros anos da formação do acervo foram assessorados pela curadora Inés Katzenstein, hoje responsável pelo departamento de arte latino-americana do MoMA, em Nova York. Com cerca 550 peças de 150 artistas, a Colección Oxenford reúne um panorama muito seleto de obras de arte argentina das primeiras décadas do século XXI e alguns trabalhos prévios a este período, devido à sua relevância para o contexto da arte contemporânea no país. A mostra fica até o dia 26 de fevereiro. Confira como foi a inauguração nas fotos de Cristina Granato.

Redes Socias

Deixe um comentário