1 de dezembro de 2022

O Instituto Cultural Cravo Albin faz pública sua imensa tristeza pelo desaparecimento de um dos maiores ícones da MPB.

Dizer-se que Gal Costa foi apenas uma das maiores cantoras brasileiras será pouco.

A Gracinha de todos nós foi personagem contemporâneo do Brasil desde que surgiu em meados dos anos 60 no Rio de Janeiro. Deslumbrando o Brasil por inteiro.

Falar de seus discos imortais, de seus shows, alguns dos melhores já montados no país, e de sua vivacidade ao escolher o repertório realçando e revelando sempre o melhor de seu tempo e de sua vivência será fundamental para bem apreciarmos o vulto gigantesco que nos fará tanta falta a partir de agora.

P.S: Gal gravou no nosso Instituto para o especial de Chico Buarque ao lado de Djavan. Sempre foi nosso ícone.

Redes Socias

Deixe um comentário