29 de setembro de 2022

A palavra ultrapassa o que é usual, trivial e cotidiano. É o que defende a escritora carioca Alexandra Vieira de Almeida em seu novo livro de poemas intitulado “Dormindo no verbo”. Lançado pela editora Penalux e composto por 67 poesias, a obra pretende mostrar a importância da percepção da palavra na construção de tudo que nos cerca.
Segundo a poetisa, o seu trabalho une o intelectivo e o linguístico num só canal. O livro transmite ao leitor a imagem de que o verbo, ou seja, a ação, é muito valioso para a recriação do mundo.
Ela explica ainda que seus versos circulam por vários momentos de sua história, apresentando o universo da linguagem como expressão da vida, não no sentido simples apenas, mas com muita complexidade. “‘Dormir no verbo’ é trazer aquilo que está adormecido, no nosso interior, para o mundo, esclarecendo através da palavra”.
– Minha inspiração vem fora do texto, como minha experiência de vida e dentro da própria literatura, a partir de influências de outros autores, como, por exemplo, Arthur Rimbaud, Murilo Mendes dentre outros. No entanto, procuro ter o meu próprio estilo, criando algo diferente, que manifeste mais a influência de minha interioridade – ilustra.

O gosto pela leitura vem desde criança. Aos 10 anos de idade já começava a lançar seus pensamentos verbalizados no papel. Ela conta que sua mãe foi a maior incentivadora nesse aspecto. “A leitura representa a minha doação para os outros. É uma necessidade para mim. Com ela, aprimoro meu estilo, mas também lapido meu ser”.
Editora Penalux – Páginas: 130  – Preço: R$ 34,00

Redes Socias

Deixe um comentário