28 de novembro de 2022

Personalidades de Brasília e políticos de todo o Brasil lamentaram a morte do colunista mais antigo do país, o jornalista Gilberto Amaral, de 87 anos, que será velado nesta quarta-feira, 13,  a partir das 13h, no Campo da Esperança, na Asa Sul.  O enterro será às 16h.

Gilberto deixa  a esposa de mais de 6 décadas, Mara Amaral –  os dois tiveram Juscelino Kubitschek como padrinho de casamento -, os filhos Bernadette, Marcelo e Rodrigo Amaral.
Mineiro de São Sebastião do Paraíso, ele decidiu passar o bastão em 2021.Foi um dos primeiros moradores de Brasília, onde era muito querido.  Na foto, Gilberto e Mara Amaral. 
Redes Socias

Deixe um comentário