31 de janeiro de 2023
Candidato de si mesmo a presidência do senado, o    cearense Eduardo Girão, chutou o balde. Está furioso com os aumentos salariais anunciados e aprovados para ministros de tribunais superiores e servidores do senado e da câmara, que não têm reajuste salarial há 8 anos. Também conhecido como Alan Kardec da Praia do Futuro, o boquirroto Girão anunciou que enjoou de morar em apartamento. A partir de 2023, abrirá mão do imóvel do senado, do plano de saúde e do carro oficial.  O cabra é arretado. Homens públicos como Girão é que o novo Brasil precisa.  Desprendido de bens materiais. Modelo de ser humano que o futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, sonha em contar na esplanada dos ministérios.  Conforto demasiado para Girão faz mal à saúde.  Sem carro, Girão vai andar de jegue. Encomendou um do Ceará.Possante, com buzina e faróis.  Suspenderá a energia elétrica e o ar condicionado do gabinete.  Lamparinas e velas iluminarão o amplo ambiente de trabalho do senador no ano novo. Nada de computadores. Quem quiser que use o celular. Para Girão, geladeira é artigo de luxo. Um imenso isopor com gelo é o  suficiente. Para visitantes, rapadura com mel e farinha. Café tira o sono. Galões de água pura e cristalina, saudável para o consumo, o intrépido Girão mandará buscar do Lago Paranoá.  Ciente de que o trabalho parlamentar é puxado,  Girão mandou assessores avaliarem em qual viaduto ou ponte vai morar. Colocou na bagagem uma boa rede das bordadeiras cearenses para descansar o esqueleto. Bons cabides para pendurar os belos ternos e refinadas gravatas. O ano novo promete ser radiante para Girão. Merece, é cristão. O vigilante senador ainda não decidiu se vai doar os salários para o Baú da felicidade, para o bolsa família do governo Lula ou para algumas instituições de caridade. Girão tem saúde de ferro.  Mas quando precisar de médico, vai feliz correndo para o SUS. Gente fina, o Girão.
Redes Socias

Deixe um comentário